Artist: X Lino

A Bela e o Ferah

Olha que bela e como está a Lua
Linda e reluzente com jeito de ternura
Parece que foi ontem que a conheci
Sentada numa praça blusinha e calça jeans

Fiquei admirado com o seu olhar
Você toda metida fingiu nem me notar
Eu cheguei logo desenrolei o papo
Você olhou pra mim e me bateu com seu sapato

Qualé, qualé, você tá de bobeira
Se tu tem namorado, eu já tô de saideira
Eu tô ligado você nem usa aliança
Vamo trocar ideia que te passo confiança

De pouco a pouco foi amolecendo o coração
Até sorriu quando eu cantei essa canção
Ao som do violão ao som da minha voz
No estilo bobó da timidez ao hard-core

De perde o juízo de perde a noção
De relembrar nos poetas renato e chorão
Desejo de torna um sonho a realidade
E ver que um grande amor nasce em meia tempestade

Fiquei admirado com sua beleza
Brilho que não se apaga ecoa pelos planetas
E todas as noites olho para o céu
Mas que tempo bom, mas que tempo bom

E é assim que organizo e tenho a inspiração
Pego minha caneta, o papel e o violão
Ao som de Caetano um remix com Fernandinho
Do MPB ao rap, funk MC Naldinho

Olhando pro celular e só contando as horas
Esperando a mensagem e aguardando a resposta
E quanto mais o tempo passa a saudade acastelas
E por você entregaria de presente, todas estrelas

(Por você amarraria em barbante)
(Entregaria de presente todas estrelas)

E com o tempo isso tudo vai melhorando
Porque amor igual ao teu é como endeusado
Caminho ao teu lado a brisa do vento
O Sol vai se pondo e o dia escurecendo

Trazendo a calmaria quando estou ao teu lado
Rostinho bem maquiado e os cabelo ondulados
Olhando o horizonte o crepúsculo ao relevo
Sensação maravilhosa e Deus
(És tão perfeito)

Extrovertida nas ideias, cheia de adrenalina
Enfrenta os problemas e encara as disciplinas
Com os pés no chão às vezes anda descalça
Pra provar que mulher nem sempre

Anda de salto
E sair de rolê junto com as amigas
Que o respeito vale, mas que tudo nessa vida
Eu pirei-viajei nas ideias menina

E na batalha da vida é ela quem domina
Multiplica o que é bom e traz a felicidade
E viaja pelo mundo apenas com os passaporte
Ó, meu Deus, nos dê forças pra viver

Batalha do suor e construir ao proceder
Não tenho ideias do tanto que penso pra te escrever
Nem o tanto que fiquei feliz ao ti conhecer
Lembranças que pra mim sempre ficarão guardadas

Você sendo a bela e eu, fera apaixonada
Pois estava tão difícil de dizer eu te amo
Com medo de abrir meu coração por engano
E que era um sonho de história mal contada

Sabendo que tudo não passaria de um conto de fadas
(É, não passaria de um conto de fadas)
Eu sei que nada nessa vida é por engano
Nossas rotinas vêm sempre nos aproximando

Seguindo esse caminho numa longa jornada
E da fonte que brota, vem o rio as águas passadas
E como é difícil semear a paz
E mostra que todo ser humano também é capaz

Seguir em frente fortemente armado na trajetória
Lutar com honra a guerra e mostrar sua glória
E que a história, mas bela sempre será a sua
Contada em dias de frio na fogueira a luz da Lua
(Contada em dias de frio na fogueira a luz da Lua)